Seu sorriso pode influenciar na duração do seu casamento!

A ciência está indo cada vez mais longe com os seus estudos sobre a vida e o comportamento das pessoas. Dessa vez elaboraram um estudo sobre o quanto um casamento pode durar com base na forma como os casais sorriem. Pode ser que seja verdade, mas na minha época mamãe dizia que o segredo de um casamento duradouro não estava no sorriso ou muito menos no amor, mas sim no dinheiro.

Seu sorriso pode influenciar na duração do seu casamento - Divórcio

Tudo bem, eu admito que essa linha de pensamento – o dinheiro é o que define o prazo de validade de um casamento – pode estar exagerada, mas acreditar que o sorriso pode influenciar na duração de um relacionamento estável parece loucura, das grandes! E agora? Será que devemos acreditar? Bom, vamos ver o que diz a ciência!

Seu casamento vai durar? Vejamos!

O estudo foi publicado em 2009, isto é, há 9 anos, porém não chega a ser algo que torne inválida a possibilidade disso continuar acontecendo nos dias de hoje, afinal, estamos falando de casamento, algo que geralmente dura muitos anos, não é mesmo?

Bom, vamos ao estudo: diversos psicológicos fizeram avaliações de fotos de vários alunos (homens e mulheres) de uma determinada universidade, observando sempre a intensidade do sorriso de cada um, isto é, como os músculos dos olhos e da boca estavam esticados (indicativo de felicidade). Com base nessas observações, os psicólogos descobriram que nenhum dos alunos com os maiores sorriso se divorciaram mesmo após anos de casados.

Seu sorriso pode influenciar na duração do seu casamento - Divórcio

Agora, com relação as pessoas que não sorriram ou de certa forma mantiveram um postura mais séria nas fotos, foi constatado que cerca de 25% deles acabaram se divorciando mais tarde.

Um outro estudo concluiu a mesma coisa, porém de um ângulo diferente. Com base nas fotos de infância de algumas pessoas com mais de 65 anos de idade, foi comprovado que apenas 11% dos que mais sorriram nas fotos se divorciaram mais tarde. Já entre os que menos sorriram, cerca de 31% se divorciaram.

Veja também:

Conclusões finais

Embora a ciência tenha constatado que o sorriso pode influenciar nas probabilidades de um divórcio entre casais, não podemos considerar isso como via de regra, afinal, existem pessoas muito felizes com suas vidas e relacionados, mas não sorriem por falta de costume, o que é totalmente válido.

Mas, seria bom que a partir de hoje você sorrisse um pouco mais para vida, principalmente para amigos, familiares e, não menos importante, para os seus flertes também!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *